quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Amo-te perto

"Amo-te
Perto.
Como um segundo é 
Do outro 
Perto.
Como a palma da mão 
É do aplauso
Perto.
Como o constrangimento 
É da vaia
Perto.
Como o fique é
Do saia
Perto.
Como a distância
Não é da paciência
Perto.
Perto.
E nem de todo 
Certo."

Tadeu Rodrigues
out-15

Nenhum comentário:

Postar um comentário