terça-feira, 18 de agosto de 2015

A flor bailarina

Minha vó se chamava Celina.
Certo dia eu estava olhando uma flor em seu modesto jardim e ela me disse que a pequena flor amarela que eu observava se parecia com uma bailarina. Ela tinha razão.
Minha vó faleceu há 3 anos.
Este poema escrevi pra ela:

Nenhum comentário:

Postar um comentário