terça-feira, 5 de maio de 2015

(D)escreva-me

Andrew Atroshenko


Escondida em meus versos-invernos; 
Perfazia olhares-verões;
quentes.
(...)
Ela escrevia todos os dias
os pecados, aos pecados, em pecados;
Eu a lia, pecador, santificado.

Tadeu Rodrigues
maio/15



Nenhum comentário:

Postar um comentário