segunda-feira, 13 de abril de 2015

Barcos

http://spc.fotolog.com/photo/12/8/109/kitsune_tuna/1297715459091_f.jpg
Salvador Dalí



Estou na manhã dos seus acontecimentos. 
Acontece cedo, 
o que ontem vi, o que hoje vejo e o que hoje sei.
- Vamos à festa. Todo mundo vai. Precisamos dançar, beber e lembrar. 
"Nunca beber para esquecer", você sempre diz até acontecer.
Quero me lembrar do seu rosto e do seu cheiro. 
Lembrar da sua graça; minha santa piedade pela maldita distância.
A gente se acostuma com o mal feito, com a lua, com o fim do dia, com as cicatrizes.
Mas não vamos deixar como está, 
e se a maré nos levar,
será pra longe daqui, 
será para além do nosso mar particular.

Tadeu Rodrigues
abr/15

3 comentários:

  1. Qualquer declaração ainda seria insuficiente.
    Me emociona te ler.Obg por nos permitir.

    ResponderExcluir