quarta-feira, 25 de março de 2015

Multidões

Obra de Edgar Duvivier

A história do triste poeta preso na multidão, 
sem solidão.

Tadeu Rodrigues
mar/15

Nenhum comentário:

Postar um comentário