sexta-feira, 30 de novembro de 2012

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Sobre um veleiro

Pintura de Gregory Calibey





Ele sabia ser vento,
Ela sabia ser mar.


Tadeu Francisco
nov/12

Alianças

Pintura de Gregory Calibey




Ele deu a ela 
Um buquê de dores.


Tadeu Francisco
nov/12

Interno

Pintura de Corot




Quando respiro 
Sinto os moinhos de tempo.


Tadeu Francisco
nov/12

Paralelos

Rosas num Copo, Corot





Esqueci 
que não rima
Meu desejo 
E sua sina.


Tadeu Francisco 
Nov/12

A cigana

Oba de Corot "Cigana com Bandolim"





Ela lia todas as mãos.
Selecionava a best seller
E fazia uma oração.


Tadeu Francisco
nov/12

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Um só lugar

Obra "labirinto", de José Mário



Pontes
Fontes.
...
Caminhos
Aos montes. 


Tadeu Francisco
nov/12

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Entre nós

Pintura de Gregory Calibey





Vejo como se esconde.
É mais minha quando faz assim:
Esconde em si.


Tadeu Francisco
nov/12

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Farto

Pintura de Ismael Nery





Esconda-me
em sua casa
Estou quarto.


Tadeu Francisco
nov/12

Chamas

Pintura de Michael de Brito





Negue 
minha pele,
Mas não negue 
minha febre.


Tadeu Francisco
nov/12

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Balanço literário de 2012

Um breve balanço dos livros que li esse ano.

Não colocarei em ordem de preferência.

Factótum - Bukowski: Excelente. Um dos melhores livros que já li. Intenso, sujo e crítico.

Complexo de Portnoy - Philip Roth: Excelente. Hilariamente ácido e cômico. Um quê de sexualismo em um divã sincero.

Marina - Carlos Ruiz Zafón: Livro bom, mas longe de ser o melhor do Zafón. Acho que o autor se perdeu um pouco colocando alguns "zumbis" na trama.

As Esganadas - Jô Soares: Um romance policial. Livro que não empolga. Muito longe do divertido "O Xangô de Baker Street", o melhor do Jô Soares para mim.

Queda de Gigantes - Ken Follett: Uma ótima surpresa. O primeiro da trilogia do século. Une acontecimentos reais e históricos em uma trama fictícia de amor, suspense e drama.

Inverno do Mundo - Ken Follett: O segundo da trilogia do século.  Excelente continuação. Apesar de alguns sites terem dito que trata-se de um livro autônomo, sugiro ler "Queda de Gigantes" antes. O terceiro e último será lançado em 2014.

Frankenstein - Mary Shelley: Mito monstro criado por uma jovem escritora. Livro bom e reflexivo.

O silêncio dos Inocentes - Thomas Harris: Com o perdão do clichê, mas bem melhor que o filme. Hannibal Lecter é demasiadamente mais interessante e instigante.

Buddy Bolden´s Blues - Michael Ondaatje: É do mesmo escritor de "O Paciente Inglês". Uma ótima biografia romanceada de Buddy Bolden´s, considerado o pai do Jazz. Passa-se pelas ruas, bares, jornais, salões de Nova Orleans no início do século (1910).

Minhas Histórias dos Outros - Zuenir Ventura: Autobiografia que mostra os meandros do jornalismo brasileiro em seu âmago. Quem curte o tema, vai adorar o livro. Muito curioso e pertinente.

Pedro Páramo - Juan Rulfo: A surpresa do ano. Um dos melhores livros que já li. É o único romance do escritor mexicano, e com ele descobri o quanto é difícil encontrar suas obras. É considerado o pai do realismo fantástico, tema que tanto gosto.

Dom Quixote - Miguel de Cervantes: Clássico literário. Resolvi um problema esse ano: lê-lo. Divertidíssimo, o escritor consegue te colocar em um mundo completamente insano com ares de lucidez. Foi o primeiro livro que li em 2012.

O Cemitério de Praga - Umberto Eco: Apesar das críticas, adorei o livro. Umberto me seduziu do começo ao fim. Muitos acharam o livro longo e chato. Não vejo dessa forma. Penso que seja uma literatura ousada e histórica, com um quê de sabor regional ao apresentar a culinária do ambiente contado. SPOILER: A dupla personalidade, a magia das mortes e o misticismo sem parecer pedante foram de uma sacada incrível.


Tadeu Francisco
nov/12

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Isolamento e força

Pintura de Ben Fenske



 Afinei-me à sua solidão. 
No seu sapatear,
Só senti a batida
Que me fez canção


Tadeu Francisco
nov/12

Um outro fim

Pintura de Ben Fenske

As noites 
são açoites...








do tempo.








Tadeu Francisco
nov/12

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Crônica de um verão - Chronique d'un été (França, 1960)

Neste vídeo - um pouco longo, 90 minutos, assistam com tempo - Edgar Morin e Jean Rouch analisam a vida dos jovens parisienses tentando buscar respostas a uma pergunta ousada: o que é felicidade pra você?

O filme aborda temáticas ligadas à felicidade que envolve o conceito natural e ideológico sobre política, isolamento social, angústias. 

Os autores experimentam, com os jovens, o cinema verdade.

Vale conferir.





Tadeu Francisco
nov/12 

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Barreiras

Obra de Salvador Dalí




Entre relógios e ponteiros
Minha finitude 
de um tempo inteiro.


Tadeu Francisco
nov/12

sábado, 17 de novembro de 2012

Interno

Pintura de Richard Piloco




Entre tantos
Sou
Meu próprio
erro...
Prantos.


Tadeu Francisco
nov12

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Pelas bombas

Pintura de Louise Camille Fenne




Deixou-me
trincheira em devaneios;
Sonhos cortados;
Nada inteiro.


Tadeu Francisco
nov/12

Quedas

Pintura de Richard Piccolo


Um abismo 
e nenhum eco.
Assim espero
Enquanto perto
Enquanto escolha
Enquanto peco.
 


Tadeu Francisco
nov/12

Lançamento - A Grande Peça

Pessoal, em breve o lançamento do meu primeiro romance: A Grande Peça.

Espero que gostem!

O lançamento deve ocorrer no início de fevereiro ou final de janeiro.

Assim que tiver a data correta informo vocês. Podem, também, acompanhar as informações pelo site www.agrandepeca.com.br





Tadeu Francisco
nov/12

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Giovane

Quem acompanha o blog sabe o quanto gosto de pinturas realistas.

Sobre o tema - e dando uma de tio coruja - apresento o trabalho do Giovane, meu sobrinho de 13 anos.




Tadeu Francisco
nov/12

Vamos falar sobre consciência?

Pintura de Richard Piccolo





Mesmo em frases soltas
Sinto-me preso
Sinto-me peso.


Tadeu Francisco
nov/12

Murmúrio

Pintura de Gregory Calibey





Seu sussurro 
ordena
O barulho,
E amanhece
meu quarto escuro.


Tadeu Francisco
nov/12

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Oferenda

Pintura de Richard Piloco



A
teu
deus.


Tadeu Francisco
nov/12

Alimento anacrônico

Pintura de Richard Piloco




Trato da saudade
com sintomas imperfeitos.
Trato com meu sal
com meu brio,
meus defeitos.


Tadeu Francisco
nov/12

terça-feira, 6 de novembro de 2012

O quarto - trincheira

Pintura de Paul G Oxborough



Os muros caem 
quando a porta do quarto
se fecha.


Tadeu Francisco
nov/12

Salão social

Pintura de Paul G Oxborough



No baile em questão, 
Gênios e idiotas
Cantavam a mesma canção.


Tadeu Francico
nov/12

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Palcos

Pintura de Paul G. Oxbororough



Não quero sua constância, 
quiçá sua afinação.
Quero sua nota torta,
a incerteza,
Um chão.


Tadeu Francisco
nov/12

Os dois - sujeira


Pintura de Gregory Calibey



Saneamento básico,
um vínculo social.
(...)
Ela insistia.
Esgotou-me.


Tadeu Francisco
nov/12

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Sementes

Pintura de Gregory Calibey




Um pé de Maria.
Outro de João.
Era ele 
Era ela
Um só coração


Tadeu Francisco
nov/12

Cabeceira

Pintura de Gregory Calibey


É quando
os nomes dormem
Que mais sonho.


Tadeu Francisco
nov/12

Sempre igual

Pintura de Gregory Calibey



Leve
o
fardo
Pesado.


Tadeu Francisco
nov/12

Um compasso

Pintura de Joan Miró



 Nas notas mais distantes
encontros dissonantes.


Tadeu Francisco
out/12

Trôpego

Pintura de Peter Van Dyck


Espere,
rapaz!
- Uma cachaça 
não é um copo de paz.


Tadeu Francisco
nov/12

Fora da lei

Pintura de Joan Miró



A poesia é 
uma 
quebra-
dor-
a
de regras.


Tadeu Francisco
nov/12

Ponteiros

Pintura de Ben Fenske





Não se achegue, hora.
O segundo me basta.


Tadeu Francisco
out/12