quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Analista

Obra de Toulouse Lautrec

Por verdades e mentiras,
Seu sinal envaidecido
Sua obra desfazendo
Sua boca despreparada.
Por vaidades e armadilhas,
uma análise vencida.

Tadeu Francisco
fev/12

Vazia de si

Obra de Edgar Mendoza Mancillas

Dentro da coisa toda,
Oca.

Tadeu Francisco
fev/12

Mea culpa

Pintura de Luiz Gabriel Pacheco

Criado
Sem criado.

Como o cinema sensato
da casa muda;
como as casas mudam...

Era um beco no espaço;
uma caatinga no céu.

Tadeu Francisco
fev/12

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

De passagem

Obra de Rene Magritte

Rasgue minha fantasia
Quando a coisa escrita
for somente poesia.

Tadeu Francisco
fev/12

Refeita

Obra de Picasso

Coma comigo,
com seus olhos,
com seu nome.
Coma.
Não como amiga,
não como a fome.

Tadeu Francisco
fev/12

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Sono e solidão

Pintura de Edgar Mendoza Mancillas

o
Nosso sono
só.

Tadeu Francisco
fev/12

Cinzas

Obra de Picasso

Ainda não sei,
Mas se deu samba
Entrego-lhe meus pés.

Tadeu Francisco
fev/12

No final da avenida

Segunda Classe - Tarsila do Amaral

E
Na noite de carnaval
Custou caro ser (d)o povo.

Tadeu Francisco
fev/12

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Segregação uniformizada - sobre carnaval

Obra de Tarsila do Amaral

Tiraram
A festa
do povo

Tirando
O povo 
da festa.

Custou caro.

Tadeu Francisco
fev/12

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Quando o carnaval chegar - Chico Buarque



(...)
Quem me vê sempre parado, distante, garante que eu não sei sambar...
Tô me guardando pra quando o carnaval chegar.
Eu tô só vendo, sabendo, sentindo, escutando e não posso falar...
Tô me guardando pra quando o carnaval chegar.
(...)

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Desaguar

Obra de Daubigny

Chorei duas noites.
Era o que tinha aqui dentro.
Náufrago incompleto
em meu mar
Seco.

Tadeu Francisco
fev/12

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Fim da obra

Obra de Pablo Picasso

Quando os melhores quadros 
morrem no atelier do artista,
Ele,
inacabado,
Só,
pinta suas lágrimas.

Tadeu Francisco
fev/12

Deus e o poeta


O bom poeta
Entorta
a linha certa
de Deus.

Tadeu Francisco
fev/12


*Ps: Encontrei essa obra e descobri que é um fragmento de uma pintura feita por um artista canadense esquizofrênico de 26 anos. Não encontrei o nome do autor.

Inércia moral

Obra de Vladimir Ezhakov

Em minha defesa, Senhor, um palpite sorrateiro:
- Seja o corpo da menina,
com ternura, com apego.
E se um dia ela se for,
não dê mão à solidão,
dê a ela uma flor,
um escrito e seu torpor.

Tadeu Francisco
fev/12

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Amor e uma escala

Pintura de David Sento-Sé

Dê-me sua pouca voz
Que lhe dou meu alto grito.
Em escala pequena, 
menor,
diminuída.

Tadeu Francisco
fev/12

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Consolo

Obra L´enfant à l´orange de Van Gogh


A última lágrima virou piada,
uma risada
e seu colo.

Tadeu Francisco
fev/12

(A)linhar

Obra de Picasso

a
Caneta
e o seu
Peso.

Leve
a letra
Leve.

Tadeu Francisco
fev/12

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Letrada

Obra de Modigliani

Era
ela
letrada

Letra
da
mente...

Lia-me

Tadeu Francisco
fev/12

Despida

Pintura de Modigliani

O plano nu,
Descrente 
da roupa,
Surrado,
era o meu plano
Só.

Tadeu Francisco
fev/12

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Longe - sobre percepção

Obra de Azo - semblante bacoco de região demarcada

Seu semblante
é você
Distante.

Tadeu Francisco
fev/12

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Sobre você e a lua

Pintura de Piet Mondrian

Achegue-se em meu sonho
E seja minha noite.

Tadeu Francisco
fev/12

Fique

Pintura do Max Ferguson

Em minha nota de repúdio
Erro o tempo certo
Volta-me curto.
- Fique mais um pouco nessa mesa,
sem ti
sou só espaço


Tadeu Francisco
fev/12

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Sobre ser poeta - Vinícius de Moraes

Nesse mundo virtual tive o prazer de conhecer diversos escritores. Sempre me deparo com textos bem elaborados e emocionantes. Não foi diferente quando tive acesso aos textos da Ana Oliveira através do blog da Darla Medeiros, que já esteve por aqui.

Como a série apresenta grandes artistas da nossa história, fazer dela algo maior é o que sempre almejo. Por isso, esse espaço só tem a ganhar com a bela explanação que a Ana fez sobre a vida do grande Vinícius de Moraes.

Ana é uma escritora prodígio, tem apenas 16 anos e possui um bom conhecimento literário, isso fica evidente em seus textos. Quem quiser conhecer mais as suas ideias, basta clicar aqui, aqui e aqui.

A série Sobre Ser Poeta volta cheia de estilo.

Agradeço a participação de todos os leitores que enviaram sugestões e comentários.


Vinícius de Moraes

No dia dezenove de outubro de mil novecentos e treze, Lydia Cruz nos presenteia com uma das melhores pessoas do país, em minha opinião. Foi um diplomata, dramaturgo, jornalista e compositor brasileiro. Morreu aos sessenta e seis anos, na manhã de nove de julho, em sua casa.

Conhecido como um boêmio inveterado, apreciador do uísque e fumante, era também conhecido por ser um grande conquistador. Casou-se, ao todo, por nove vezes ao longo da sua vida.

Apesar de não ser amante desse gênero, sou completamente apaixonada por Vinícius de Moraes e todas as suas obras, mas, minha favorita é “Para Viver um Grande Amor” (publicado em mil novecentos e sessenta e dois), um misto de prosa e poesia.

“Dorme, minha amada
Teu sono de estrela
Nossa morte, nada
Poderá detê-la.
Mas dorme, que assim
Dormirás um dia
Na minha poesia
De um sono sem fim...”

Vinícius de Moraes em “Canção Para a Amiga Dormindo”.

Vinícius e Tom Jobim
A obra artística de Vinícius de Moraes se inicia no início da década mil novecentos e trinta, quando o poeta lançou o livro “O Caminho para a Distância”. A partir de então, Vinícius caminharia pelos campos da literatura, música e teatro. Alguns de seus livros são “Forma e Exegese”, “Antologia Poética”, “Poesia Completa e Prosa” dentre muitos outros.


Como compositor, fez várias parcerias com alguns cantores muito bem renomados. Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell, João Gilberto, Chico Buarque e Calos Lyra são considerados seus principais parceiros.  Para quem gosta e ainda não conhece, vale à pena dar uma conferida.

Ana Oliveira
fev/12

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

A praia

Obra de Picasso

Insisti
na caminhada
Seca

Com o pé na areia.

Cheguei curvo
Na outra ponta
Com o corpo cheio.

Tadeu Francisco
fev/12

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Brinde - entre amigos

Pintura de Otto Dix

Meu amigo,
tome esse verso doce
Que compus
enquanto era bobo.

Tome em doses francas

No boteco certo
no balcão mais sujo.

Tadeu Francisco
fev/12