quarta-feira, 30 de maio de 2012

Cronicamente

Pintura de Tereza Costa Rêgo

- Escute esse barulho, Maria.
...
Dói meus ossos.
Forma estranha de crescer,
e de esquecer.


Tadeu Francisco
mai/12

Um comentário:

  1. Poucos conseguem ouvir a dor do outro. Lindo poema!

    ResponderExcluir