quinta-feira, 26 de abril de 2012

Tempo (não) vago

Os Jogadores de Cartas, pintura de Cézanne

A gente vaga o tempo
e percebe a direção.
Eu não sou desse mundo,
Solidão...
Meu maior segredo.

Tadeu Francisco
abr/12

Um comentário: