quinta-feira, 12 de abril de 2012

Herói e o cotidiano

Pintura de Alberto Giacometti

Ainda era meu herói;
Mesmo com o tempo fechado
e com sono no sofá.

Tadeu Francisco
abr/12

6 comentários:

  1. Carinhoso e delicado esse poema, Tadeu. Gostei muito.
    Se você me permite um palpite sobre o seu blog, eu acho que você deveria ler esta postagem:
    http://herculanoneto.blogspot.com.br/2012/04/revolta-dos-replicantes.html
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devidamente corrigido, Carla! Valeu!! Beijos

      Excluir
  2. ola tudo bem..goostei muito do seu cantinho
    gostei tanto que resolvi ficar por aqui mesmo rsrsrs
    ja estou te seguindo..agora to te convidando a conhecer o meu cantinho..se gostar fique a vontade pra seguir ok...xauzinho bjs
    http://segredosdeumamulherapaixonada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Wanessa!

      Obrigado pelo carinho. Vou lá dar uma lida sim!

      beijoss

      Excluir
  3. Tocante, Tadeu.

    Gostei imenso.

    Talita.

    ResponderExcluir