terça-feira, 6 de março de 2012

O lado escuro

Obra de Salvador Dali

Resto de giz,
Pó.


O que me foi história
percorrido em suas mãos.


Morri marcado
em um quadro negro.


Tadeu Francisco
mar/12

2 comentários:

  1. Adoro poemas surrealistas, Tadeu. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gosta. Acho um desafio escrevê-los. Abraços, Carla!

      Excluir