quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Longe - sobre percepção

Obra de Azo - semblante bacoco de região demarcada

Seu semblante
é você
Distante.

Tadeu Francisco
fev/12

2 comentários:

  1. Uau... amei. Poesias simples assim que fazem a alma se sentir infinita.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras e participação, Leila!

      Beijos

      Excluir