segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Noite amanhecida

Obra de Honoré Dumier

Quase manhã;
quase dormi.

Fico
Com a beleza
Das dores.

No meu dia que dói;
no meu dia que chega.

Tadeu Francisco
dez/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário