quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Sapatos - Van Gogh

Sapatos - por Van Gogh

Recentemente usei em algum post aqui no blog um quadro chamado "Sapatos", do pintor Van Gogh. Pelo brilhantismo, achei que o tema merecia um post isolado.

Sempre trouxe comigo que Van Gogh, assim como Munch, era uma pessoa depressiva e triste. Falo pelo que sinto quando vejo seus quadros belos, pesados e audaciosos.

Há discordância sobre os motivos que o levaram a pintar sapatos. Alguns dizem - com absoluta propriedade - que tal tema é ligado à origem do pintor, que cresceu na zona rural da Holanda.

Não sei ao certo, mas sei o quanto fico encantando quando vejo essas pinturas. A uma, porque acho um simbolismo perfeito para a poesia. A duas, porque ele nunca retrata sapatos novos, são sempre usados, o que desperta meu imaginário e me rende bons minutos de observação em cada obra.

Deixo aqui três pinturas que muito admiro:





Ps: me incomoda um pouco o fato de os dois últimos quadros terem sapatos virados.

Tadeu Francisco
nov/11

5 comentários:

  1. Estranho, Tadeu, os sapatos virados também me incomodam. Superstições que sobraram da infância? rs Sei não. Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Hum, estou achando que sim, viu? Acho que você está certa, rs. Abraços

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia nenhuma das telas. Muito lindas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O sapato faz uma alusão à caminhada. Acho que vem daí meu fascínio.

      Excluir
  4. Adoro estes quadros.
    Sempre me fazem pensar por onde andaram e a trajetória dos donos deles. O que a pessoa passou para eles chegarem a este estado.
    O fato de um deles estar virado me faz sentir algo como um abandono ou mesmo o fim da utilização deles, como se a caminhada tivesse acabado e agora eles ja nao fazem mais tanta importancia de quando estavam nos pés do dono.
    sei lá..mas adoro van gogh e amo estes quadros!

    ResponderExcluir