segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Não parar

Obra do não muito aplaudido Chardin (1728).

Enquanto houver tempo,
tento.

Tadeu Francisco
nov/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário