terça-feira, 8 de novembro de 2011

Mar inteiro

Obra de Picasso
Doce
água
do mar
Salgue-me.

Enquanto
velejo a dor.





Tadeu Francisco
nov/11

2 comentários:

  1. Oi, Tadeu! Meu lado lusitano adorou esse poema. Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Que bom. Espero que o brasileiro também! rs. Abraços!!

    ResponderExcluir