sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Inquieto

Obra de C. Portinari

Toda palavra louca
entoa o meu avesso.
E decerto ele, 
louco,
diz ser,
tudo isso,
pouco.

Tadeu Francisco
out/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário