terça-feira, 30 de agosto de 2011

Uma velha história de amor

Obra de Laurits Andersen Ring

Você chegou tarde...
O café já secou,
a água acabou,
a vida se passou.
Não conheceu a lareira,
não subiu a serra
e nem deitou no jardim.
Não viu meus filhos crescerem,
nem me viu tocar piano.
Não viu meu terno novo,
nem meu sapato duro.
Não me viu pintando a escada,
chorando na chuva,
fazendo feijão.
Não me viu escolhendo os quadros,
deitando mais cedo,
pagando as contas,
pregando o dedo.

Você chegou tarde...

Tadeu Francisco
ago/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário