quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Sobre ser poeta - João Guimarães Rosa

Gosto do João Guimarães Rosa porque ele encontrou no simples a essência do ser humano. Com personagens fortes, soube repassar ao leitor que as amarguras da vida também correm nas veias das pessoas pobres dessa terra, e não somente das pessoas de algum destaque.

No simples, Guimarães Rosa fez beleza.
Médico e diplomata, não precisava cutucar feridas e mazelas sociais; mas cutucou, e o fez com perfeição.

Quando leio os seus livros sinto orgulho de ser brasileiro.

Das coisas que li de sua autoria, fico com "Sagarana" e "Grande Sertão: Veredas", um dos meus livros de cabeceira.

A inteligência de Guimarães Rosa é indiscutível. E canalizá-la para o senso crítico e íntimo das pessoas mais invisíveis da nossa sociedade, o torna digno de todas as notas literárias.

O vídeo é uma curta produção que mostra algumas curiosidades sobre a vida de Guimarães.


Tadeu Francisco
ago/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário