quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Egoísta - o desespero

Obra de Lucien Freud

Em um só ego,
Bandido,
Roubou a consciência do mundo
e a trancou pra si.

Tadeu Francisco
ago/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário