sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Colo

Obra Balthus

Torço para ter o seu colo;
uma hora ele vem.

Torço,
cavo o poço;
Profundo,
grito!

Uma hora
ele escuta.

Tadeu Francisco
ago/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário