segunda-feira, 11 de julho de 2011

Sol

Obra do incrível Joan Miró - Sol Vermelho

O novo sol acarinhou-me lento.
Inocente,
queimou meu bom dia de inverno;
o único.

Tadeu Francisco
jul/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário