quarta-feira, 13 de julho de 2011

Quando os poetas tentam entender o amor

Obra de Joan Miró

Foram tantos
personificando o invisível,
repaginando o indescritível...
e ninguém entendeu.

Tadeu Francisco
jul/11

2 comentários:

  1. Adorei o poema, lindo.
    Fala exatamente o que acontece quando se tenta descrever o amor, hehe.
    Não há definição para ele, apenas sensação!

    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou, amor!
    E é justamente o que sinto por você, mesmo sem uma justa definição (e pra quê tentar defini-lo, né mesmo?).

    Beijos ;)

    ResponderExcluir