quarta-feira, 8 de junho de 2011

A vida de Mafalda

Acordou tarde
em leito fúnebre.
Respirando em paradoxo
encarou-se letal,
foi vital.
Seja pela roda de amigos,
seja pelo desfazer cantigas.
E assim conseguiu ser menos triste.

Tadeu Francisco
jun/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário