segunda-feira, 20 de junho de 2011

Quando só, um sofre

Obra "A Leitora Adormecida", de Felice Casorati
Senhora,
não há mais tempo.
Ele se vai,
sem tempo marcado,
ao longe caminha.
Cabeça raspada,
joelhos ao ninho.
Estamos,
senhora,
sem hora.

Tadeu Francisco
jun/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário