terça-feira, 14 de junho de 2011

Quando se perde o controle

Obra de Marcia Marostega

Pela brincadeira
de ser quem é
- bem pouco do que se quis -
o embaraço e a cicatriz.
Pela brincadeira,
a coisa ficou séria;
correram os rios,
depois a miséria.

Tadeu Francisco
jun/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário