segunda-feira, 16 de maio de 2011

Amor de primavera


Despeço-me das flores
morto em pétalas.
Foi-me em vão o leve frio
na minha manta de repouso;
de lã.
Quero-te cor,
aroma,
flor.
Quero-te uma estação,
quero-te primavera.

Tadeu Francisco
maio/11
*Ps: quadro "Primavera" de Tarsila do Amaral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário