quarta-feira, 13 de abril de 2011

O que vem depois


Sempre é um dia antes.
Bate porta,
bate boca,
bate louca.
Triste ver o que vem depois:
amanhã.
Abre porta,
abre a boca,
abre louca.

Tadeu Francisco
abr/11

*Ps: quadro "Só" de Toulouse-Lautrec Monfa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário