terça-feira, 12 de abril de 2011

Circo social


Saltimbanco serelepe,
aqueço-te nas minhas falas decoradas
com adornos,
de cor.
E antes que parta, proponho que me responda:
quanto de circo preciso ser
para que eu possa
tirar da sua boca um sorriso lúdico?
...
Maldito silêncio que acompanha minhas piadas banais
e me faz chorar em sorrisos descomunais.

Tadeu Francisco
abr/11

*Ps: quadro de Pablo Picasso "A família de Saltimbancos", 1905, óleo sobre tela, The National Gallery of Art, Washington, EUA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário