quarta-feira, 2 de março de 2011

Penitência - um conto


Comprou a buzina para ir na reza.
Uma hora de silêncio.
Na capela, o mantra, só à capela.
Se não munisse algo que fizesse barulho,
de nada adiantaria o sacrifício de ficar quieto.

Tadeu Francisco
mar/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário