quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Arpejos


Sem pestanejar,
falei sobre as ruínas e os desejos;
causei-lhe um mal estar.
Já não importa,
fui coração,
lampejos e arpejos;
canção.

Tadeu Francisco
fev/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário