segunda-feira, 8 de novembro de 2010

O sonhador

Foi olhando o fundo da velha caneca de leite que ressuscitou seus dons.
Fez forma no alumínio suado;
atingindo o ápice da escultura.
Desenhou um corpo cansado.
Ouviu a aclamação popular pedindo bis.
Em um salto,
agradeceu a todos,
envergando-se com estilo.
Abriu os olhos e notou os
quietos banquinhos,
a mesa vazia
e a cozinha suja.

Tadeu Francisco
Nov/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário