quarta-feira, 3 de novembro de 2010

O anjo vencido

Havia perdido meu posto,
deposto.
Calcifiquei as asas nas mãos do incrédulo;
isto me custou a vida.
O gozado foi perceber que,
só agora,
que sou humano,
posso voar.
Apenas nas batalhas me bate o cansaço,
mas isso é para o corpo;
morto.

Tadeu Francisco
Nov/2010

2 comentários: