terça-feira, 16 de novembro de 2010

Medo


Recalco perdido nas suas dimensões.
Estava linda com seu jeito de ser ela.
Olhava para as molduras reluzentes.
Sabia ser mansa por fora
e tempestade  por dentro.
O que ela tinha afinal?
Tinha um jeito normal de se esconder nos medos.
Normal lá,
não aqui.
Encorajada se enfrentou.
O medo diminuiu,
virou história.
As páginas,
viraram glória.

Tadeu Francisco
Nov/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário