quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Olhos

Vejo barcos e não âncoras.
Vejo botes e não plásticos.
Vejo vôos e não cadeiras.
Vejo as falas e não as línguas.
Vejo tudo que me faz rouco.
Vejo a náusea no navio cortante.

Tadeu Francisco
Ago/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário