segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Bang bang


Viu-se raso.
Do embaraço que se formou quando o sol ousou ser mais ele.
Aquela luz entrou.
Perfurou;
mas não esquentou.
Uma espécie de verão deserto,
desses de filme do faroeste.
As coisas que aprendi ficaram no três.
Teve tiro. Teve excitação.
A contagem escorria pelas mãos que tremiam.
A perna arqueava, formando a ferradura.
Faltou a sorte;
sobrou coragem.

Tadeu Francisco
Outubro/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário